O Edifício-Monumento está fechado para obras de restauro e modernização

Encontros com Acervos - Entre espaços e memórias urbanas: São Paulo na primeira metade do século XX

Local: Avenida Nazaré, 268 - Ipiranga - São Paulo - SP
Data: 
25/07/2017 - 14:00 - 16:00


Inscrições: cursosmp@usp.br ou (11) 2065-8075

40 vagas, atividade gratuita


Tema 1: Fotógrafos imigrantes: práticas e representações

489

Através de um percurso pela produção de fotógrafos que registraram a cidade de São Paulo presentes no acervo do Museu Paulista da USP, como Theodor Preising, Ottokar Achtschin e Gustavo Prugner, pretende-se apresentar questões sobre representações do espaço, história e memória urbana. Além de destacar a importância destes repertórios como patrimônio público arquivístico e documental, será abordado o processo contemporâneo de reinserção destas imagens em circulação em espaços públicos e privados.

Palestrante: Eric Danzi Lemos

Mestre em História Social pela Universidade de São Paulo. Em 2016, defendeu a dissertação intitulada "Fotografia profissional, arquivo e circulação: a produção de Theodor Preising em São Paulo (1920-1940)". Tem experiência em tratamento documental de coleções e acervos fotográficos aliando pesquisa histórica ao estudo de ferramentas de catalogação em ambiente digital. Participou de projetos junto ao Museu Paulista da Universidade de São Paulo (MP-USP) e junto ao Laboratorio Audiovisual de Investigación Social (LAIS) do Instituto Mora (México, D. F.). 

 

Tema 2: A disputa pelo território em imagens

490

Em que medida a difusão de uma imagem pode corroborar para a dissolução de um espaço público de lazer? A presente comunicação pretende apresentar e contrapor as diferentes imagens disseminadas sobre o Parque Dom Pedro II durante o período entre as décadas de 1920 a 1960 a fim de dar visibilidade as práticas dos antigos usuários do Parque Dom Pedro II, parque público localizado na região central da cidade que no imaginário contemporâneo figura como um não-lugar.

Palestrante: Vanessa Ribeiro

Mestre em História pela Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em Cultura Visual. Atualmente atua como coordenadora da Ação Educativa do Museu de Arte Sacra de São Paulo e como consultora em pesquisas sobre imaginário urbano em museus, instituições culturais e teatro.